Enteada brinca de assustar o padastro e leva um tiro na testa

2018-08-28


Enteada brinca de assustar o padastro e leva um tiro na testa

 

Morreu na tarde deste sábado, 25, por volta das 14h30, Ana Carolina da Silva Montolezzi, 17 anos, que na noite de ontem levou um tiro no meio da testa, desferido pelo padastro dela, Edson Freitas. O homem fugiu após o ocorrido, mas foi preso dirigindo o próprio veículo, quando passava pelo anel viário de Cândido Mota.

O revólver que ele usou foi localizado, escondido na casinha de um cachorro, na residência de um parente.

Segundo apurado pela reportagem Abordagem Notícias - com uma pessoa da família que prefere não se identificar, a mãe e o padastro da garota tinham saído de casa - no Jardim Morumbi, e retornaram para pegar algo. Nesse ínterim, a estudante, que tinha ido passar o final de semana na casa do pai - Márcio Montolezzi, teria retornado sem avisar.

Quando o casal chegou à casa, a mãe de Carol, Ana Maria da Silva, percebeu uma luz acesa e pensou que havia um ladrão dentro, já que a residência tinha sido deixada com as luzes apagadas.

Apreensiva, a mulher teria permanecido no carro e o homem, entrado. Percebendo movimentação em um dos cômodos, ele foi até o quarto e pegou o revólver.

A adolescente teria feito uma brincadeira para assustar o padrasto, tipo, saído do escuro e dado um grito, momento em que ele atirou e atingiu a testa dela.

Apavorado, o homem fugiu, mas foi detido e preso. Com a morte da garota, ele responderá por homicídio.

 

Comentarios

Sugestões

Poll

60%
80%
90%
40%