Casal que ostentava no facebook é preso por tráfico de drogas

2018-08-28


Casal que ostentava no facebook é preso por tráfico de drogas

A polícia prendeu, na manhã desta segunda-feira (27), 21 suspeitos de participação no tráfico de drogas na Baixada Fluminense que levavam uma vida luxuosa graças a crimes comandados de dentro do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Policiais de sete delegacias da Baixada Fluminense cumpriram mandados de prisão e conseguiram localizar e prender integrantes da quadrilha do traficante Leonardo Assis da Silva, o Sem Deus, que controlava a venda de drogas nas comunidades Rodrigues Alves e Vila Sapê, próximas a Magé. A namorada de Leonardo, Mariana Andrade de Campos, também foi presa.
O chefe da quadrilha, Paulo César Souza dos Santos, o Paulo Muleta, já cumpria pena em Bangu. A polícia disse que ele ia ganhar a liberdade em breve, mas agora teve a prisão preventiva decretada, acusado de envolvimento com a quadrilha presa nesta segunda-feira.

“Com esse novo mandado de prisão preventiva que cumprimos, ele permanece preso. Ele seria realmente o dono do comércio ali, do tráfico. E o Sem Deus seria a gerência geral, o principal contato dele dentro da comunidade”, disse o delegado Marcos Sant'Ana. Ao todo, os agentes visavam a cumprir 18 mandados. Alguns suspeitos foram presos em flagrante.
Leonardo foi preso em casa em Imbariê, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os policiais apreenderam uma arma, munição e a contabilidade do tráfico.

Luxo no Recreio
Ele costumava levar uma vida de luxo, com direito a hotéis com diárias caras e quartos espaçosos. Um deles tem piscina na cobertura e paisagem de frente para a Praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Segundo a polícia, tudo era financiado com o dinheiro do tráfico de drogas, e Mariana não apenas se beneficiava disso.

“Durante as investigações, a gente apurou que Mariana se locupletava do tráfico, ajudava na contabilidade, assim como também compartilhava as armas com ele”, disse o delegado Marcos Sant’Ana.

Durante a ação, os agentes encontraram barricadas nos acessos das duas comunidades e revistaram pessoas. Um homem saiu correndo quando viu os carros da polícia e acabou preso. Ele tinha dois radiotransmissores além de um aparelho celular.

Em outro ponto da comunidade, traficantes atiraram contra os policias. Um carro foi atingido por um tiro no vidro traseiro. Mas não houve feridos.

Os presos foram levados para a delegacia. Os policiais ainda apreenderam uma moto roubada usada pelos bandidos.

 

Comentarios

Sugestões

Poll

60%
80%
90%
40%